Atualizado 15/08/2018

Grêmio no Espião Estatístico: números, destaques individuais e Renato Gaúcho

Veja em detalhes os dados do Tricolor na temporada, mais uma vez forte na briga por títulos

O que é que o Grêmio do técnico Renato Gaúcho tem de tão especial? Desde 2016, quando o treinador retornou ao Imortal, o clube apresenta um dos melhores futebol do país, tem vencido títulos importantes e tudo indica que brigará por mais em 2018.

O trabalho da equipe do Espião Estatístico no Troca de Passes desta terça-feira é mostrar números e destaques individuais do clube, procurando responder à pergunta do início. Nesta quarta-feira, o desafio é contra o Flamengo, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, às 21h45, no Maracanã.

Desempenho

  Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento Gols marcados Gols sofridos
Temporada 47 24 13 10 60,2% 74 34
Brasileiro 18 9 6 3 61,1% 22 8
Copa do Brasil 3 2 1 0 77,7% 6 2
Recopa 2 0 2 0 33,3% 1 1
Libertadores 7 4 2 1 66,6% 14 4
Gaúcho 17 9 2 6 56,8% 31 19

Fonte: Espião Estatístico

 

Os craques

 

Ofensivamente, o Tricolor tem três nomes que se destacam. Everton é o artilheiro do time e o jogador com mais participações em gols no ano. O segundo com mais participações é Luan, um dos cérebros da equipe de Renato. E o terceiro é Jael, principal responsável pelas assistências no Grêmio. Veja os números.

Destaques ofensivos em 2018

  Jogos Gols Assistências Participação direta em gols
Everton 32 12 5 23%
Luan 29 9 7 22%
Jael 28 6 8 19%

Fonte: Espião Estatístico

Na Copa do Brasil, o destaque é Alisson. Dos seis gols marcados pelo clube gaúcho, dois foram dele e outro teve sua assistência, dando ao meia-atacante participação direta em 50% nos tentos do Grêmio na competição.

Agora, levando em conta apenas as três disputas que o Grêmio dá maior prioridade (Recopa, Copa do Brasil e Libertadores) o destaque é sua estrela maior. Com cinco gols e sete assistências, Luan tem 33,3% de participação nos gols do Imortal nesses torneios.

 

O meste

 

É inegável que Renato mudou o patamar do futebol jogado pelo Grêmio. Ele chegou de mansinho em 2016 e venceu de cara "apenas" a Copa do Brasil. Depois, em 2017, conquistou a América e perdeu de cabeça erguida a final do Mundial de Clubes para o Real Madrid. E, em 2018, levou a esquadra gremista ao título do Campeonato Gaúcho, coisa que não acontecia desde 2010 - sendo que jogou os primeiros jogos do Gaúchão com um time pra lá de alternativo.

 

Veja os números de Renato nesta terceira passagem como técnico do Grêmio:

Renato Gaúcho no Grêmio

  Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
2018 / 2017 / 2016 145 72 38 35 58,3%
2018 47 24 13 10 60,2%
2017 79 41 18 20 59,4%
2018 19 7 7 5 49,1%

Fonte: Espião Estatístico

*A equipe do Espião Estatístico é formada por Guilherme Maniaudet, Guilherme Marçal, Gustavo Pereira, Leandro Silva, Roberto Maleson e Valmir Storti

Fonte: Sport TV
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções