Atualizado 09/02/2018

Sem vender carne suína à Rússia há dois meses, SC diz ter aumentado exportação para a China

Venda da carne suína catarinense para o exterior teve queda em janeiro de 2018 com relação ao mesmo mês em 2017.

Suínos catarinenses (Foto: Arquivo/Secom )
Suínos catarinenses (Foto: Arquivo/Secom )

Com o mercado da Rússia fechado para a carne suína brasileira, Santa Catarina, maior exportador do produto no país, estreitou a relação com a China para aumentar as vendas, conforme a Secretaria de Agricultura do Estado.

Em números absolutos, foram 25 mil toneladas de carne suína embarcadas em janeiro deste ano para o exterior, em um total de US$51,3 milhões. A quantidade é 1,7% menor que janeiro de 2017, e o faturamento teve queda de 6,7%.

A venda ao mercado chinês, no entanto, dobrou, conforme a pasta da Agricultura catarinense. Em janeiro, foram compradas 9,7 mil toneladas de carne suína, 110,5% a mais que dezembro. O faturamento só com o país asiático foi de US$ 20 milhões.

Em números totais, a Rússia, mesmo com o embargo no mês de dezembro, comprou 102 mil toneladas de carne suína catarinense em 2017, o que representou 46% a mais que 2016. Já a China foi responsável pela aquisição de 44,9 mil toneladas, 40% a menos que 2016.

Agora, a China passa a ser o maior mercado da carne suína catarinense. O Ministério da Agricultura informou que esteve com o governo russo em janeiro e que iria “avaliar com o máximo de celeridade” a reabertura do mercado, mas ainda não há previsão para isso.

Santa Catarina ainda foi responsável por 46,9% de toda carne suína vendida pelo Brasil em janeiro, conforme a Secretaria de Agricultura. Além da China, Hong Kong, Chile e Argentina compraram a carne suína do estado no mês passado.

 

Restrição à carne suína

 

O anúncio do embargo foi feito pelo serviço veterinário e fitossanitário da Rússia em novembro de 2017, por causa da presença na carne de ractopamina, aditivo de crescimento da massa muscular que é proibido no país euroasiático.

Em Santa Catarina, conforme a Secretaria de Agricultura, 89.517 toneladas de carne suína foram exportadas ao mercado russo em 2016. No ano passado, de janeiro a outubro, foram 92.673 toneladas.

 

Fonte: G1
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções