Atualizado 22/03/2018

Atrasado, estádio da Copa em Samara ainda está sem gramado e preocupa Fifa

A três meses do início do Mundial, sede que receberá seis jogos não tem nem grama ainda

Arena de Samara terá capacidade para 45 mil torcedores | Foto: Fifa / CP
Arena de Samara terá capacidade para 45 mil torcedores | Foto: Fifa / CP

Faltando menos de três meses para o início da Copa do Mundo da Rússia, a Fifa não esconde a preocupação com o estádio localizado em Samara. Das 12 arenas do Mundial, esta é a única que ainda está sem o gramado colocado. A cidade de 1,1 milhão de habitantes situada a 1.057 quilômetros da capital, Moscou, receberá seis partidas, incluindo um dos duelos das oitavas e um de quartas de final.

Segundo a Fifa, o local ainda requer "uma quantidade enorme de trabalho" para ficar pronto a tempo do início da Copa. A competição terá início em 14 junho e o primeiro jogo em Samara vai ocorrer três dias depois. Será o duelo entre Costa Rica e Sérvia, que vai abrir o Grupo E, do Brasil.

"Obviamente, esperávamos por um progresso mais rápido", disse Colin Smith, chefe de competições da Fifa. "Há ainda uma quantidade enorme de trabalho a ser feito. Não há gramado e é precisa esperar que a temperatura suba para colocá-lo", completou Smith.

Nesta quarta-feira, a área onde vai ser instalado o gramado estava coberta por uma lona impermeável e havia uma espessa camada de neve. A temperatura anda abaixo de 0ºC e, segundo a meteorologia, vai continuar assim nos próximos dias.

 

Testes podem ser comprometidos

 

A expectativa é de que a arena fique pronta no máximo até o final de abril. Se o prazo estourar, a entidade terá dificuldade para fazer os testes necessários, tanto em relação ao gramado e vestiários, que afetam mais diretamente as seleções, como sobre a infraestrutura em geral. Mas o vice-governador da região de Samara, Alexander Feistov, não vê motivo para tanto alarde. Ele garantiu que as obras terminarão com tempo confortável. "Não é preciso dramatizar. Será feito tudo o que for necessário para que o estádio esteja terminado no prazo fixado."

Smith deu mais um voto de confiança aos responsáveis pela construção. "Pelas informações que recebi, não há nada que impeça que tudo seja terminado a tempo. Só se requer o compromisso (dos organizadores) e mais pessoal para executar (os serviços)", amenizou o chefe de competições da Fifa.

O estádio de Samara terá capacidade para 45 mil torcedores. É uma das arenas que foram construídas do zero para a Copa. As obras começaram em 21 de julho de 2014, logo após o fim do Mundial do Brasil. Após o Mundial da Rússia, o local será usado pelo time Krylya Sovetov, que tem algumas participações em competições europeias. Além do duelo entre Costa Rica e Sérvia, a arena de Samara vai sediar na primeira fase as partidas Dinamarca x Austrália (Grupo C), Uruguai x Rússia (Grupo A) e Senegal x Colômbia (Grupo H).

Fonte: Correio do Povo
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções